Turista espacial americano chega à Estação Internacional

Richard Garriott pagou US$ 30 milhões e segue os passos do pai, ex-astronauta

Da BBC Brasil, BBC

14 de outubro de 2008 | 11h15

A nave espacial Soyuz TMA-13, carregando novos tripulantes e um turista para a Estação Espacial Internacional (ISS na sigla em inglês) chegou ao seu destino.     Veja também:  Vídeo da BBC   Nave russa leva turista americano para o espaço Tripulantes da ISS resolvem problemas e esperam nave Soyuz O turista espacial, Richard Garriott, voou com o americano Mike Fincke e o russo Yuri Lonchakov. Garriott, que pagou cerca de US$ 30 milhões por uma "temporada" de dez dias na estação espacial, segue os passos do pai, um astronauta da Nasa na década de 1970. A Soyuz se acoplou á ISS, situada sobre o território do Cazaquistão, um pouco antes do esperado, às 05h26, horário de Brasília. O programador de jogos de computador Richard Garriott, de 47 anos, é membro do conselho e investidor na companhia Space Adventures, empresa que negociou vôos anteriores de turistas milionários ao espaço. Seu pai, Owen Garriott, passou 60 dias na estação Skylab em 1973. Coincidentemente, Garriott chega à estação quando ela está sob o comando do filho de outro viajante espacial famoso. O pai de Sergei Volkov, Alexander, fez vôos de longa duração para as estações espaciais russas Salyut 7 e Mir. Fincke e Lonchakov são veteranos da ISS. O americano passa sua segunda temporada na estação espacial e o russo, sua terceira. A tripulação da Expedição 18 vai supervisionar a entrada em funcionamento de um novo equipamento de superte vital na ISS. Ele deve permitir que seis pessoas possam ocupar a estação em horário integral a partir de maio - atualmente, a capacidade é de três pessoas. Garriott vai passar parte do seu tempo tirando fotos para registrar como a superfície da Terra mudou nos últimos 35 anos, desde a viagem de seu pai. Não é fácil fotografar na estação, o movimento constante da plataforma interfere nas imagens, que aparecem tremidas e fora de foco. A câmera tem de se mover em sincronia com a ISS para que as fotos tenham nitidez. Garriott vai retornar à Terra com a tripulação anterior (da Expedição 17) no dia 23 de outubro. A próxima missão para a Estação Espacial Internacional será lançada em novembro.   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.