UE descarta fechar acordo climático para 2013 em Poznan

Segundo a CE, essa é apenas uma reunião intermediária que ajudará no avanço para um texto final

Efe

28 de novembro de 2008 | 20h44

A União Européia chegou à reunião das Nações Unidas sobre mudança climática de Poznan, na Polônia, sem esperanças de fechar um texto de acordo internacional para substituir o Protocolo de Kyoto a partir de 2013.  "Se trata de uma reunião intermediária, em que esperamos que sejam tomadas decisões que permitam avançar para um texto concreto", disse um especialista comunitário. Segundo a Comissão Européia, como a nova administração dos Estados Unidos ainda não está no cargo e é o presidente George W. Bush que está negociando em Poznan, é quase impossível que o encontro tenha um caráter conclusivo.  O que se espera da UE é que fixe um calendário de trabalho e concretize, se necessário, um encontro ministerial extraordinário para o verão (hemisfério norte) do ano que vem, que permita o avanço nas negociações visando a reunião final de Copenhague. Além disso, Bruxelas confia que se tome uma decisão sobre como colocar a disposição dos países em desenvolvimento, o quanto antes, o fundo de adaptação previsto no Protocolo de Kyoto.  A conferência de Poznan reunirá os 192 integrantes da Convenção Marco das Nações Unidas sobre a Mudança Climática.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.