Um novo espetáculo no céu: cinco planetas alinhados

Cinco planetas estarão agrupados no céu do entardecer, num espetacular show noturno que não será visto nas próximas três décadas. Pelas próximas duas semanas, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno ? os cinco planetas mais próximos ? serão facilmente visíveis ao crepúsculo, junto a lua.?É semi-único?, diz Myles Standish, um astrônomo do Laboratório de Jato-Propulsão, em Pasadena, Califórnia. ?Eles estão todos do mesmo lado do Sol e espalhados no céu, o que é lindo.? Standish perderá a oportunidade nesta segunda-feira, mas a partir de amanhã e até a próxima semana poderá apreciá-los quando for passear com seu cão. Ele acha, entretanto, que as montanhas e as luzes da cidades empanarão um pouco da vista.A formação planetária será visível a olho nu todas as noites, uma hora após o por do sol, em todo mundo até inícios de abril. No fim do ano, os mesmos cinco planetas voltarão a reunir-se por mais umas poucas, mas antes do amanhecer.Standish diz que esse agrupamento planetário em particular pode oferecer a melhor das visões noturnas até 20036. A órbita dos cinco planetas levam-nos ao mesmo lado do sol poucas vezes. As condições tem de ser excelentes para que os cinco sejam visíveis no crepúsculo ou na aurora. Freqüentemente, é difícil avistar-se Mercúrio.Este é um fenômeno menos raro que os chamados alinhamentos, quando os planetas forma uma linha no céu.Os caçadores de estrelas deverão olhar para o horizonte de oeste, bem após o pôr-do-sol. Mercúrio, Vênus, Marte e Saturno estarão alinhados tendo Júpiter próximo no horizonte oeste. Eles abarcarão 135º do céu e Saturno é o que estará diretamente acima da cabeça do observador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.