Unesco divulga tecnologias sociais brasileiras

Três instituições brasileiras, vencedoras do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, estão apresentando seus projetos hoje, em Paris, para representantes dos meios acadêmico e científico europeus. A iniciativa é da Unesco e tem o objetivo de levar as tecnologias brasileiras para outros países.Desenvolvido pela prefeitura de Sacramento (MG), o Projeto Habitacional Cajuru possibilita construir casas populares com tijolos ecológicos, por metade do custo normal. Outra ação é o Projeto da Fundação Pescar, do Rio Grande do Sul, que promove a educação e instala escolas em médias e grandes empresas. O último projeto, da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, aproveita resíduos de sal para produzir peixes e camarões no sertão nordestino.Segundo a Fundação Banco do Brasil, o Prêmio, que teve apoio institucional da Unesco, certificou 128 iniciativas com resultados comprovados para questões relativas a água, alimentação, educação, energia, habitação, meio ambiente e saúde. O objetivo da Unesco é disseminar esses trabalhos, cujas descrições estão sendo traduzidas para o inglês e o espanhol, para serem disponibilizadas no site da instituição nos países em que possui representação.

Agencia Estado,

08 de março de 2002 | 15h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.