<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Universidade repreende cientista que falsificou fusão atômica

Rusi Taleyarkhan chegou às manchetes em 2002 alegando ter produzido fusão nuclear em experimentos simples

AP

27 de agosto de 2008 | 21h23

A Universidade de Purdue repreendeu nesta quarta-feira, 27, um cientista que foi acusado de falsificar provas da produção de uma fusão nuclear em simples experimentos de laboratório.   Rusi Taleyarkhan chegou às manchetes em 2002, quando publicou um artigo no jornal Science alegando ter produzido fusão nuclear ao fazer com que bolhas em um líquido entrassem em colapso.

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
4, 90
/ mês
Nos três primeiros meses
R$ 9,90/mês a partir do quarto mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
Nos três primeiros meses
R$ 19,90/mês a partir do quarto mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital + Voucher R$50 Centauro
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.
  • Voucher de R$50,00 na Centauro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.