Vacina contra aids é tema de debate na África

Um balanço do que tem sido feito na África em busca de uma vacina contra a aids será o destaque de um encontro promovido pela Organização Mundial de Saúde. em Yaounde, Camarões, entre os 17 e 19 de novembro. Além das abordagens cientificas, também serão discutidos questões éticas, legais, econômicas e políticas. Estarão presentes mais de 230 cientistas, da África, Europa e EUA . Não há brasileiros presentes.O fórum também pretende integrar mais os africanos com as organizações internacionais que trabalham nas pesquisas . O Brasil, embora não participe do encontro, está integrado na pesquisa mundial com testes clínicos em voluntários.O médico Pascoal Mocumbi, que participa do programa afro-europeu, afirmou que a aids é o maior desafio que o mundo enfrenta e que muitas forças estão reunidas em busca de uma vacina. Segundo ele, que não pôde participar do encontro, nenhum país, por mais desenvolvido que seja, poderá realizar sozinho o trabalho de pesquisa por uma vacina.Ele destaca que os cientistas africanos já entenderam que o continente precisa participar de todo o projeto de pesquisa. Mocumbi ressalta que o mundo científico reconhece a importância da ajuda dos africanos e por isso está criando plataformas clínicas específicas na África para desenvolver pesquisas conjuntas.A África tem 70 por cento dos 40 milhões de infectados do mundo.

Agencia Estado,

14 de outubro de 2005 | 17h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.