Vaticano apóia aplicativo que leva breviário para iPhones

iBreviary custa US$ 1,10 e foi criado por um padre italiano tecnologicamente experiente e por um web designer

AP

22 de dezembro de 2008 | 19h58

O Vaticano está apoiando a nova tecnologia que traz o livro de preces diárias usado pelos padres direto para os iPhones.   O Conselho do Pontificado para Comunicação Social está abraçando o iBreviary, um aplicativo do iTunes criada por um padre italiano tecnologicamente experiente, o Reverendo Paolo Padrini, e um web designer.   O aplicativo inclui o breviário de oração - em italiano, inglês, espanhol, francês e latim e, no futuro próximo, em português e alemão. Outra seção inclui as preces da missa diária e, uma terceira, contém diversas outras preces.   Depois de um período de teste gratuito em que o iBreviary foi baixado dez mil vezes na Itália, uma versão oficial foi lançada no início desse mês, disse Padrini.   O aplicativo custa US$ 1,10 e todas as atualizações serão gratuitas. Todo o dinheiro arrecadado irá para a caridade.   Monsignor Paul Tighe, do Conselho do Pontificado para Comunicação Social, elogiou o novo aplicativo nesta segunda-feira, 22, dizendo que a igreja "está aprendendo a usar as novas tecnologias como ferramentas para a evangelização, como uma maneira de conseguir difundir sua mensagem com o mundo."   O papa Bento XVI, que adora música clássica e ganhou um iPod em 2006, tem tentado atingir o público jovem através da mídia. Durante o Dia Mundial da Juventude em Sydney, na Austrália, ele mandou mensagens de texto para os celulares dos participantes, assinando como BXVI.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.