Vaticano critica imprensa por divulgar notícias falsas e pressionar cardeais

Igreja divulgou comunicado dizendo que Conclave e os cardeais eleitores precisam fazer a sua escolha em plena liberdade

José Maria Mayrink, de O Estado de S. Paulo,

23 Fevereiro 2013 | 14h25

A Secretaria de Estado da Santa Sé, cujo prefeito é o cardeal italiano Tarcisio Bertone, divulgou ontem um comunicado não assinado no qual acusa os meios de comunicação de divulgar "notícias muitas vezes não verificadas, ou não verificáveis, ou até mesmo falsas, com grave dano para pessoas ou instituições", justamente  na hora em que "o Conclave e os cardeais eleitores terão de fazer a sua escolha em plena liberdade, diante de sua consciência e de Deus".

O comunicado afirma que, se no correr dos séculos os cardeais tiveram de enfrentar múltiplas formas de pressão, cujo objetivo era condicionar suas decisões, por razões políticas e mundanas, hoje se mobiliza a opinião pública para influenciar a eleição do papa, repetindo-se o que antes faziam as potências ou Estados. O texto lembra que, no entanto, os católicos se concentram sobre o que é essencial, rezando por Bento XVI e pedindo que o Espírito Santo ilumine o Colégio dos Cardeais.

Ao encerrar a semana de exercícios espirituais no Vaticano, Bento XVI agradeceu ao cardeal Gianfranco Ravasi pela pregação do retiro do qual participaram o papa e a Cúria Romana. Além disso, ele entregou uma carta pessoal a Ravasi, um dos candidatos fortes à sua sucessão, expressando sua gratidão.  Dirigindo-se a seus auxiliares, o pontífice renunciante agradeceu a todos os "irmãos" e "amigos"  que carregaram com ele,  "com grande competência, afeto, amor e fé, o ministério petrino".

Bento XVI assegurou que, "se agora termina a comunhão exterior e visível (do colégio episcopal com o papa), permanece a ligação espiritual, permanece uma profunda comunhão na oração". Em seguida, fez um apelo final: "Nesta certeza, caminhemos para a frente, certos da vitória de Deus, certos da verdade da beleza e do amor".

Mais conteúdo sobre:
Papa Conclave Vaticano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.