Vaticano fará congresso sobre doentes em fase terminal

Encontro do Vaticano para discussão das implicações éticas da fase terminal acontecerá no dia 21

Ansa,

14 de fevereiro de 2008 | 16h50

O Vaticano fará na próxima quinta-feira, 21, um encontro para discussão de estudos das implicações éticas da fase terminal da vida, num congresso internacional, intitulado "Junto ao doente incurável e ao moribundo: orientações éticas e operacionais".   Participarão do encontro Elio Sgreccia, presidente da Pontifícia Academia pela Vida e organizador do congresso, Joseph Capizzi, professor da Universidade Católica da América, Maurizio Calipari, teólogo responsável pelo setor de bioética do Instituto João Paulo II, e o diretor do Doven House Hospice, clínica para doentes terminais em Hull, na Inglaterra.   Durante o 25º Congresso Internacional de Farmacêuticos Católicos em outubro passado, o papa Bento XVI aconselhou os farmacêuticos católicos a alegar "objeção de consciência" para não fornecer remédios que levem à eutanásia de doentes em fase terminal.

Tudo o que sabemos sobre:
Vaticanocongresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.