Vaticano marcará aniversário de observações de Galileu Galilei

A Santa Sé, no entanto, decidiu não levar a diante projeto de estátua do cientista para seus jardins

AP,

29 de janeiro de 2009 | 18h23

O Vaticano afirmou que marcará o aniversário de 400 anos da primeira observação celeste de Galileu Galilei com conferências e livros, incluindo uma nova edição das atas de seu julgamento na inquisição e uma visão crítica do pedido de desculpas de 1992.  Veja também: Cientistas querem estudar DNA de Galileu para 'exame ocular' Inglês teria traçado mapa da Lua antes de Galileu Astrônomos querem 1 milhão de brasileiros olhando para o céu Unesco inaugura Ano Internacional da Astronomia nesta quinta  Representantes do Vaticano também irão participar em uma conferência em Florença sobre o caso, reunindo todas as principais instituições da Igreja pela primeira vez desde a condenação de Galileu.  O Vaticano determinou nesta quinta-feira, 29, que as atividades para marcar o Ano Internacional da Astronomia, e confirmou que não realizaria a seguinte ideia: uma estátua do astrônomo nos jardins do Vaticano.  Foi pedido que os patrocinadores da estátua doassem o dinheiro para a pesquisa no debate entre ciência e fé.

Tudo o que sabemos sobre:
Galieu GalileiVaticano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.