Vazamento de amônia contamina ribeirão no interior de SP

Um vazamento de gás amônia, ocorrido na manhã de hoje no frigorífico Indústria e Comércio de Carnes Minerva, do município José Bonifácio, a 40 quilômetros de São José do Rio Preto (SP), causou a contaminação das águas do Ribeirão Barradão e teria provocado a morte de peixes e tartarugas. Funcionários do escritório regional da Cetesb estão realizando levantamento no local e já apuraram que a quantidade de produto químico escoada para o córrego não é grande e que a população não foi afetada. Mas não haviam comprovado, até as 15 horas, as denúncias de mortandade de peixes. A Cetesb está alertando a população das cercanias para que não consuma os peixes que aparecerem mortos no ribeirão."Se for realmente constatado que o vazamento causou a mortandade de peixes, a empresa estará sujeita a multas de R$ 50 mil a R$ 100 mil", disse José Maria Morandini Paolielo, do escritório da agência ambiental em Araçatuba.O problema teve origem em um vazamento de gás amônia altamente tóxico, capaz de provocar morte por asfixia de um compressor do sistema de refrigeração do frigorífico, ocorrido às 5:30 horas de hoje. Ao constatar o problema, um funcionário desligou imediatamente o sistema e acionou o Corpo de Bombeiros do município. De acordo com o sargento Gomes, do posto do Corpo de Bombeiros de José Bonifácio, a área foi isolada, mas um funcionário foi encaminhado ao hospital do município com um quadro de intoxicação leve.Para eliminar o gás que ficou retido na sala de máquinas da empresa, os bombeiros utilizaram mangueiras de água para liqüefazer o produto, que escoou para a galeria de águas do frigorífico e acabou chegando ao ribeirão. Segundo as primeiras informações que circularam após o incidente, o procedimento dos bombeiros teria agravado a situação.Mas, de acordo com Paolielo, os bombeiros de José Bonifácio seguiram à risca o procedimento-padrão em ocorrências com o gás amônia, que consiste exatamente em fazer a nebulização com água para tirar o produto químico da atmosfera.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2002 | 16h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.