Vazamento de óleo atinge praias de Niterói

A Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema) informou que mais praias no município de Niterói (RJ) foram atingidas pelo vazamento de óleo na Baía de Guanabara. Segundo informações da Feema, as praias Adão e Eva, Rio Branco, Imbuí, Prainha e Piratininga foram atingidas pelo óleo. A praia mais afetada pelo vazamento continua sendo a de Icaraí, na zona sul de Niterói. As regiões inicialmente atingidas, que são as praias de Gravoatá, Boa Viagem, e Flecha, estão quase limpas. O número de embarcações que promove a contenção do óleo passou de 15 para 18, e a Feema sobrevoará a área hoje para avaliar a situação. Após análise da Feema, será feito relatório técnico a ser entregue ao Comitê Estadual de Controle Ambiental, que deve se reunir na próxima terça-feira. O vazamento de óleo combustível que atingiu as praias partiu de um navio de Nassau, que está na área do Estaleiro Enavi, de Niterói.

Agencia Estado,

04 de setembro de 2005 | 12h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.