Vela solar é lançada de submarino russo

A vela espacial Cosmos-1, projetada para receber impulso da luz do Sol, foi lançada de um submarino russo, como parte de um projeto de organizações privadas para tentar o primeiro vôo controlado com esse tipo de tecnologia. O foguete Volna disparou a vela a partir de um submarino no Mar de Barents às 23h46, hora de Moscou (16h46 de Brasília).Depois de lançada, a estrutura que pesa cerca de 100 quilos deverá atingir uma órbita de 800 km de altura, tirando fotos da Terra durante quatro dias antes de desenrolar as oito velas de seu interior, formando um círculo.O objetivo da missão é testar o conceito de navegação espacial propelida por luz solar - a pressão tênue da radiação do Sol contra as lâminas espelhadas da vela será a fonte do impulso da Cosmos-1. Embora esse tipo de propulsão seja lento para acumular velocidade, o impulso é constante, e a nave não precisa carregar o peso de tanques de combustível. Por esse motivo, o conceito da vela solar é visto como uma das principais soluções para missões aos planetas mais distantes e rumo a outras estrelas.

Agencia Estado,

21 de junho de 2005 | 17h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.