Via Láctea 'é maior do que se pensava', dizem cientistas

Galáxia tem mais massa e se move mais rápido, o que amplia chances de colisão.

Da BBC Brasil, BBC

06 de janeiro de 2009 | 17h57

A nossa galáxia é muito maior do que se pensava, segundo um estudo apresentado nesta semana em um importante congresso de astronomia na Califórnia, nos Estados Unidos.Os resultados indicam que a Via Láctea tem mais ou menos o mesmo tamanho que Andrômeda, considerada até hoje como a maior galáxia do nosso grupo local de galáxias.O estudo também revelou que a nossa galáxia está se movendo a uma velocidade 15% maior do que se estimava.Segundo os especialistas, por causa da massa maior, colisões futuras com galáxias próximas podem acontecer mais cedo do que o imaginado.O astrônomo Mark Reid, do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics (CfA), em Cambridge, nos Estados Unidos, e sua equipe usaram o sistema VLBA (Very Long Baseline Array) para calcular o tamanho e a velocidade da Via Láctea.O VLBA é formado por dez radiotelescópios espalhados pela América do Norte que, juntos, permitem um grau de resolução sem precedentes na astronomia.Segundo o CfA, esse grau de resolução é tão grande que equivaleria a uma pessoa sentada em uma poltrona em Edimburgo, na Escócia, poder ler um jornal no Cairo, no Egito.PrecisãoAo usar o VLBA para medir o deslocamento aparente de regiões longínqüas, formadoras de estrelas, quando a Terra está em lados opostos do Sol, os pesquisadores foram capazes de medir a distância até essas regiões com mais precisão do que em tentativas anteriores.Reid e sua equipe apresentaram o estudo durante a 213ª conferência da American Astronomical Society (AAS), em Long Beach."Ao contrário de estudos anteriores, esses cálculos usam o método tradicional de investigação de triangulação e não dependem de quaisquer suposições baseadas em outras propriedades, como o brilho", disse um dos integrantes da equipe, Karl Menten, do Max Planck Institute for Radio Astronomy, de Bonn, na Alemanha.Os resultados indicam que a Via Láctea é cerca de 15% mais larga do que se pensava.RotaçãoPequenas alterações na freqüência das emissões de rádio que ocorrem porque as regiões estão se movendo dão aos pesquisadores uma estimativa de quão rápidamente a Via Láctea gira em torno de seu centro.Eles calculam que isso ocorra a uma velocidade de 914 mil km por hora, maior do que o valor estimado anteriormente, 792 mil km por hora.Esta velocidade, por sua vez, serviu como base para que os astrônomos calculassem a quantidade total de matéria escura presente na Via Láctea - a matéria escura é o componente invisível que forma a maior parte da massa da galáxia.Os pesquisadores estimam que a Via Láctea tenha cerca de 50% mais massa do que se estimava, o que a equipara à galáxia Andrômeda.No passado, especialistas acreditavam que a Andrômeda, nossa galáxia vizinha, era a maior do nosso grupo."Não vamos mais pensar na Via Láctea como a irmã pequena da galáxia Andrômeda", disse Reid.A massa maior aumenta a força da gravidade da Via Láctea, sugerindo que colisões com a Andrômeda e outras galáxias vizinhas podem acontecer muito antes do que se calculava - ainda assim, dentro de bilhões de anos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
astronomia via láctea galáxia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.