Vietnã pode ter novo foco de gripe aviária

Quinhentas aves, entre frangos, patos egansos, morreram na semana passada em duas fazendas do norte do Vietnã, no que se teme que seja um novo foco de gripe aviária.Cerca de 100 frangos e 460 patos e gansos morreram entre quarta-feira e quinta-feira em duas fazendas situadas cerca de 55 quilômetros ao norte da capital, Hanói, segundo Ngo Dang Tuan, diretor do Departamento de Agricultura do distrito de Viet Iene, província de Bac Giang."Enterramos as aves, limpamos as fazendas e proibimos o transporte de aves fora das fazendas infectadas" declarou Tuan, acrescentando que não surgiram outros casos. Amostras das aves foram enviadas ao instituto veterinário da província para seu estudo, informou o diretor.Como parte dos esforços para deter o vírus que matou 41 pessoas no país, as autoridades anunciaram a proibição da criação deaves em áreas urbanas a partir de meados de novembro."Queremos reforçar a segurança nesta época, que é um período do ano com um alto risco. Também queremos promover entre o povo o consumo de peixe e carne de porco, no lugar de produtos avícola", completou.As autoridades de Hanói estudam também a possibilidade de proibir a presença de aves de granjas na área urbana, segundo a imprensaoficial.   leia mais sobre gripe aviária

Agencia Estado,

31 de outubro de 2005 | 06h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.