Vírus H5N1 matou 54 aves na Inglaterra

Além do papagaio morto no dia 21 de outubro, outros 53 pássaros oriundos de Taiwan morreram de gripe aviária num centro de quarentena em Essex, na Inglaterra. O anúncio foi feito nesta terça pelo Ministério do Meio Ambiente da Grã-Bretanha.Por isso, as autoridades sanitárias crêem que o vírus H5N1 - altamente contagioso, capaz de ser transmitido das aves para os humanos - tenha sido levado ao país pelas aves de Taiwan, e não pelo papagaio do Suriname.Taiwan fica na região do planeta mais afetada pela gripe aviária, o sudeste da Ásia, onde ao menos 64 pessoas morreram desde 2003. O Suriname, por outro lado, vizinho do Brasil, está na região onde apenas uma cepa mais fraca do vírus, que não é transmitida para humanos, foi encontrada na Colômbia.A Inglaterra se diz livre da gripe aviária porque os pássaros que morreram nunca foram liberados da quarentena.A gripe aviária é considerada endêmica entre pássaros do sudeste da Ásia e de parte da Europa. A doença chegou ao continente europeu há um mês, levada por aves migratórias da Ásia. Embora a gripe avance cada vez mais em direção ao oeste, ainda não foi registrado nenhum caso entre humanos na Europa.Na Romênia, primeiro país europeu a ter a gripe aviária, novos focos da doença são identificados a cada dia. Nesta terça, o governo confirmou que um ganso e um cisne selvagens encontrados mortos em locais diferentes do país há 15 dias tinham o vírus H5N1. No delta do Rio Danúbio, a confirmação de outro foco levou ao extermínio de 2 mil aves de criação.No Vietnã, já são 13 as províncias, do total de 64, afetadas pela gripe. O governo quer que os criadores de Hanoi e Ho Chi Minh, as duas maiores cidades do país, sacrifiquem suas aves em troca de indenização. O Vietnã registrou 42 mortes desde 2003.A China informou também nesat terça que foram identificados mais dois novos focos da doença no noroeste do país - já são 11 os focos detectados em um mês - e anunciou que vai vacinar todos os seus 14 bilhões de aves domésticas.Calcula-se que cerca de 25% dos frangos do planeta estejam na China. Suspeita-se que quatro pessoas tenham a doença no país. Uma delas é um menino de 4 anos, para quem o governo vai pagar um tratamento médico de US$ 1.200.   leia mais sobre gripe aviáriaNota do Editor: Este texto teve seu título alterado em 16/11/05

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.