Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Visita do papa aos EUA incluirá Nova York e Washington

Durante a visita, de 15 a 20 de abril, o papa Bento XVI fará um pronunciamento nas Nações Unidas

REUTERS

12 de novembro de 2007 | 17h40

A primeira visita do pontificado de Bento XVI aos Estados Unidos, em abril, incluirá paradas em Washington e Nova York ao longo de seis dias, segundo nota divulgada na segunda-feira pela Igreja. Durante a visita, de 15 a 20 de abril, o papa fará um pronunciamento nas Nações Unidas, em Nova York, a convite do secretário-geral Ban Ki-moon, e também se reunirá com os bispos no Santuário Nacional da Imaculada Conceição, em Washington. A Universidade Católica da América disse ainda que o papa visitará seu campus em 17 de abril para falar de educação católica (apenas para convidados). Fontes do Vaticano revelaram em setembro que o papa pretendia ir aos EUA na primavera boreal, mas até agora não havia data. O bispo de Spokane (Washington), William Skylstad, presidente da Conferência Episcopal local, disse que o anúncio é "um momento abençoado para nossa nação". Não ficou claro se haverá um encontro do papa com o presidente George W. Bush, mas é habitual que o chefe de Estado saúde o pontífice na chegada. O Vaticano quer que a visita ocorra antes que a campanha presidencial dos EUA entre na sua fase mais acalorada, para que ninguém possa acusar Bento 16 de interferência política. Em 2008 o papa também deve visitar França e Austrália. (Por Michael Conlon)

Tudo o que sabemos sobre:
PAPAEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.