Vitamina pode ajudar no tratamento de asma

Um suplemento de vitamina D3 pode ajudar a tratar pacientes de asma que não reagem a medicamentos tradicionais, sugeriu pesquisa do King´s College, em Londres.É que a vitamina pode ajudar os pacientes a responderem a tratamento com esteróides, de acordo com os pesquisadores, que publicaram seu trabalho no Journal of Clinical Investigation.A asma é tratada com freqüência com a inalação de esteróides, mesmo que o medicamento possa causar efeitos colaterais. Mas alguns pacientes não conseguem responder mesmo a altas doses de esteróides por via oral.Tak Lee, que participou da pesquisa, disse que ela aponta a direção para "novas estratégias potenciais para reverter a resistência a esteróides".Células "T"Os resultados da pesquisa dão a entender ainda que o tratamento com esteróides é eficaz, pelo menos em parte, ao induzir as células "T" do sistema imunológico a sintetizarem uma molécula chamada IL-10.A molécula pode inibir as respostas imunológicas que causam os sintomas alérgicos e asmáticos.Diferentemente das células "T" de indivíduos saudáveis, ou pacientes que respondem aos esteróides as células "T" de pacientes resistentes a esteróides não produzem IL-10 quando cultivadas in vitro com o esteróide dexametazona.Quadro revertidoMas os pesquisadores descobriram que quando a vitamina D3 é adicionada à cultura junto com a dexametazona, o quadro é revertido.Pacientes de asma que não respondiam a tratamento com esteróides receberam doses diárias de vitamina D3 por sete dias durante a pesquisa.Exames de sangue mostraram que as células "T" dos pacientes reagiam mais à dexametazona depois de haverem tomado o suplemento vitamínico.Catherine Hawrylowicz, chefe da pesquisa, disse que no momento, contudo, tudo o que se fez foi uma observação preliminar, e mais pesquisas poderão ser feitas."Curiosamente, a vitamina D3 é ocasionalmente administrada a pacientes com asma grave para ajudar a prevenir osteoporose induzida por esteróides", disse Hawrylowicz.

Agencia Estado,

09 de dezembro de 2005 | 11h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.